Os Tiranos

São Francisco é Terra Boa

Os Tiranos

1.421 exibições
Tom: C
Intro: F C7 F

                       C7                   F
Com licença meus amigos vou falar da minha terra
                       C7                          F
Vou contar de São Francisco dos campos de cima da serra
                       C7                    F
Eu sou filho daqueles pagos terra boa e sem luxo
                C7                         F
É o coração serrano no Rio Grande o mais gaúcho

(Intro)

                       C7                       F
São Francisco é terra boa gente forte e hospitaleira
                   C7                   F
Todo serrano é pachola e a serrana é faceira
                 C7                      F
Muito gado na coxilha no bolso muito dinheiro
                    C7                      F
Prá cantar de improviso serrano não tem parceiro

(Intro)

                        C7                          F
São Francisco é um município entre os maiores do estado
                C7                  F
A sua maior riqueza é a criação do gado
                    C7                     F
Fazendas de campo aberto coxilhas a campo fora
                     C7                     F
Onde canta o quero-quero e onde o minuano chora

(Intro)

                   C7                        F
Eu saí de São Francisco, o interior fui visitar
                  C7                      F
Por Tainhas e Contendas, Aratinga e Cambará
                 C7                  F
Almocei na Jaquirana, resolvi continuar
                 C7                       F
Só em Cazuza Ferreira é que eu fui pernoitar

(Intro)

               C7                 F
Vila Seca e Criúva, Apanhador e Juá
                      C7                      F
Passei no Passo do Inferno e o Salto fui visitar
                  C7                       F
Nunca vi tanta beleza, no mundo igual não há
                       C7                      F
O que eu quero nestes versos é minha terra cantar

(Intro)

                       C7                    F
Quando chega fim de setembro, na saída do verão
                   C7                       F
O serrano então demonstra de gaúcho a tradição
                   C7                      F
Montando no seu cavalo ou nas lidas de galpão
                    C7                    F
Da ilhapa até a presilha o serrano é campeão

(Intro)

                        C7                     F
Quando estou longe dos pagos a saudade é de matar
                    C7                     F
Eu me sinto acabrunhado com vontade de voltar
                       C7                     F
O serrano é um homem triste vivendo em outra terra
                      C7                       F
O serrano só morre feliz, morrendo em cima da serra


Enviada por Sem inscrição
Nº de acordes: 3