Chico Buarque

Paratodos

Chico Buarque

571 exibições
Tom: D
Intro: (A7 A7/4)
 

D13              A/C#
o meu pai era paulista
             A/c
meu avô, pernambucano
B7/9-
o meu bisavô, mineiro
Bb7/13      Bb7/5+
meu        tataravô, baiano
A7/13           F/G#
meu maestro soberano
A7/13   A7/4       A9
foi     antônio brasileiro
D13     D9        A/C#
foi antônio brasileiro
                A/C
quem soprou esta toada
      B7/9-        Bb7/13
que cobri de redondilhas
      Bb7/5+       A7/13
pra seguir minha jornada
               E/G#
e com a vista enevoada
       E/G        D/F#
ver o inferno e maravilhas
D13          A/C#
nessas tortuosas trilhas
           A/C
a viola me redime
D13     D9         A/C#
viva erasmo, ben, roberto
gil e hermeto
         A/C
palmas para todos
Bb7/9-          Bb7/13
os instrumentistas
    Bb7/5+       A7/13
salve edu, bituca, nara
                 E/G#
gal, bethânia, rita, clara
 E/G            D/F#
evoé, jovens a vista
D7/4    D13       A/C#
o meu pai era paulista
              A/C
meu avô, pemambucano
       Bb7/9-     Bb7/13
o meu bisavô, mineiro
     Bb7/5+       A7/13
meu tataravô, baiano
                   E/g#
vou na estrada há muitos anos
        E/G
sou um artista
    D/F#
brasileiro


Enviada por Sem inscrição
Nº de acordes: 20